Itajaí Containers

47 3345-7500 47 3345-7502 47 9 9231-7022

O que é o container marítimo e quais as vantagens em utilizá-lo

Já ouviu falar do container marítimo? Não? Tudo bem, basta acompanhar este artigo e saber o essencial sobre o container marítimo. Veja agora!

O que é o container marítimo e quais as vantagens em utilizá-lo

O que é o container marítimo e quais as vantagens em utilizá-lo


Já passou pela sua cabeça como alguns produtos estrangeiros chegam na sua casa?

Não?

Tudo bem, pois saiba que esses produtos estrangeiros, boa parte deles percorrem longas distâncias armazenados dentro de um container marítimo.

Sabe o que é um container marítimo?

Ora, se não souber não tem problema.

Neste artigo, mostraremos tudo o que você precisa saber sobre um container marítimo.

Boa leitura!

O que são containers marítimos?

Os containers são caixas de metal de dimensões padronizadas, de 6 ou 12 m de comprimento, cujo uso para consolidação de mercadorias foi idealizado em 1956 pelo ex-caminhoneiro americano Malcolm McLean, fundador da empresa SeaLand.

Os containers de madeira já existiam na Europa antes da Segunda Guerra Mundial, mas o uso do aço, a padronização das dimensões pela ISO e a adoção de containers pelos militares dos EUA para sua logística durante a Guerra do Vietnã favoreceram sua generalização a partir dos anos 1970.

Seu uso se estendeu a todos os modos de transporte e agora existem diferentes tipos, dependendo do uso:

  • Container padrão
  • Container refrigerado
  • Container tanque.

 Seus padrões técnicos atendem às convenções alfandegárias internacionais.

Grandes portos e plataformas multimodais tiveram que se adaptar aos padrões impostos pela conteinerização: sistemas de manuseio, áreas de armazenamento suficientes.

A unidade de medida para quantificar o transporte de containers, independentemente de seu tamanho, é a unidade equivalente a 20 pés (TEU).

Há 30 anos, a tendência é a conteinerização do transporte de mercadorias diversas, mas também de certas mercadorias tradicionalmente transportadas a granel, com uma taxa de crescimento de 7 a 8% ao ano. Hoje, a maioria das linhas regulares são serviços em containers.

Na verdade, a conteinerização oferece três vantagens decisivas: altíssima produtividade na movimentação portuária, economias de escala possibilitadas pelo crescente tamanho dos navios e a intermodalidade de transporte de mercadorias porta a porta dentro do mesmo container sem quebra de carga.

Em razão disso tudo, a conteinerização se tornou a espinha dorsal da globalização.

Então, como são feitos os containers marítimos?

Os containers marítimos são “caixas” fabricadas em aço e que atendem aos padrões definidos pelas leis voltadas ao transporte marítimo.

Além disso, o material dos containers é escolhido em razão da sua grande durabilidade.

Aliás, há uma variedade de tipos de containers e, claro, todos eles são robustos a fim que sejam capazes de conter todo tipo de produto.

Que tipo de containers existem para o transporte marítimo?

Os containers são as unidades de transporte mais utilizadas no comércio mundial que, segundo a UNCTAD, Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento, 75% utilizam o transporte marítimo para movimentar mercadorias de um ponto a outro do planeta, sendo os mais utilizados. o container de 40 pés.

São muitas as mercadorias que são transportadas por navios e dos mais diversos tipos e, com o surgimento do container em meados do século 20, a maior parte da carga passou a ser transportada por container.

O container evoluiu e com o tempo foram projetadas novas unidades que se adaptam a quase qualquer natureza de mercadoria ou tipo de carga.

No transporte marítimo, o container mais utilizado é o container fechado ou seco (container seco) para carga geral. No interior do container, as mercadorias ou produtos são armazenados em paletes, caixas, tambores, etc.

É um contentor fechado cujas paredes e pisos são rígidos e geralmente fabricado em aço. Possui uma porta pela qual a mercadoria é introduzida por meio de empilhadeiras ou porta-paletes.

Outro tipo comum de container marítimo, no caso da mercadoria transportada ser líquida, é o container tanque. É utilizado para o transporte marítimo de líquidos a granel, como óleos, resinas, leite, vinho, água mineral, etc.

Aliás, este tipo de container também é utilizado para o transporte de mercadorias perigosas, desde produtos corrosivos até líquidos tóxicos ou inflamáveis.

Além disso, ele é está em forma de tanque e feito de aço inoxidável ou alumínio. A base deste container possui um sistema de ancoragem que permite sua amarração no navio.

Outros tipos de container marítimo

Existem muitas outras variedades de containers, dependendo da carga que um navio pode transportar. Esses containers são:

Container refrigerado (container reefer)

É um recipiente térmico que incorpora um sistema de refrigeração ou equipamento que mantém uma temperatura estável em seu interior.

O container é conectado à corrente elétrica dentro do navio.

Dessa forma, é utilizado para o transporte marítimo de produtos perecíveis, como carne, peixe, etc.

Container isotérmico (Container isolado). 

É um container utilizado para o transporte de plantas vivas ou mercadorias perigosas que precisam de temperatura constante.

Aliás, é construído com materiais isolantes que evitam que o calor ou frio externo penetre no interior do recipiente.

Além disso, podem ter sistemas que permitem modificar a atmosfera interior, bem como equipamentos de refrigeração.

Container hipobárico. 

É um container marítimo utilizado para o transporte de produtos vegetais perecíveis, como frutas ou flores.

Além de controlar a temperatura e a umidade, possui equipamentos que permitem que a concentração dos gases no interior do recipiente seja modificada e, assim, evite que a mercadoria se estrague.

Leia também: Não sabe o que é acabamento externo de container? Veja tudo sobre isso![lr1]

Quais são as vantagens de utilizá-lo?

 1.Solução eco-responsável

Preocupado com o meio ambiente?

Ter um contentor é acima de tudo reciclar e dar uma segunda vida a um produto que há dez anos percorre o mundo no mar.

Virando tendência no Brasil e há muito mais tempo na moda através do Atlântico o contentor marítimo é um eco-responsável solução que leva a uma redução clara do seu impacto ambiental em comparação com uma construção convencional.

Usar um container marítimo significa que você não corta árvores e tira uma caixa de aço de uma área lotada, além de você vai reutilizar, reciclar, armazenar, proteger o meio ambiente!

2.Versátil

Os recipientes são infinitamente modulares, empilháveis em 7 níveis, podendo ser dispostos em qualquer direção, tanto horizontalmente quanto verticalmente e de cada lado.

Eles podem ser convertidos sem limites, sujeitos a algumas transformações.

3.Robusto

Graças à sua estrutura de aço corten reforçado, eles são mais fortes do que uma estrutura de madeira tradicional. A estrutura do container de transporte é extremamente resistente.

Eles podem suportar o peso de outros seis containers marítimos colocados em cima, uma massa de mais de 150 toneladas, apoiada apenas nos quatro cantos do container.

Tanto a moldura frontal como as paredes laterais e a cobertura são fechadas por uma chapa ondulada que contribui para a rigidez do conjunto, sendo a estrutura denominada "autoportante"

4.Multimodal

Rodoviário, barcaça, ferrovia, barco, o container marítimo é a solução multimodal por excelência, também foi projetado nesse sentido em 1956 por Malcom McLean, um transportador rodoviário americano que descobriu que o transbordo a granel de mercadorias era muito longo.

Estrutura autoportante e dimensões padronizadas são os principais ativos que lhe conferem seu caráter multimodal.

Quer decida mudar-se para outro país ou mesmo para a Brasil, quer seja uma empresa ou pessoa física que pretenda exportar mercadorias para o estrangeiro, o contentor marítimo é a solução de que necessita.

5.Protege de ondas eletromagnéticas

Devido à sua estrutura Corten o container é uma gaiola de Faraday, ou seja, é um bloco condutor conectado à terra vedado contra campos elétricos, interessante para determinados usos. Pode, por exemplo, ser utilizada como zona branca, ou seja, zona sem passagem de ondas.

As áreas brancas são locais privilegiados de vida para pessoas que sofrem de HSE (hipersensibilidade eletromagnética).

Aliás, a respeito do seu smartphone, uma simples porta aberta não restringe a passagem das ondas para o exterior.

6.Seguro

Um container marítimo convencional, há apenas uma entrada ou saída, e as portas estão localizadas no final do container.

Elas consistem em duas placas que se abrem para fora em 270 ° e são presas com 4 barras

7.Sustentável

O container de transporte é projetado principalmente para ser à prova de intempéries e confiável ao longo do tempo. Totalmente fabricado em aço corten, é muito resistente às variações de temperatura e à corrosão.

De fato, em contato com o ar, forma-se no metal uma camada de óxidos que tem uma capa protetora, de cor enferrujada, que lhe confere uma ótima resistência ao longo do tempo.

8.Acessível

Comparado a uma construção convencional de madeira ou aço, o custo dos retornos é quase 2 vezes menor para uma construção baseada em containers e quase não requer nenhum investimento para sua manutenção a longo prazo, exceto tinta para containers usados.

Como comprar um container marítimo?

Não importa se você estar comprando um container para transporte, estocagem ou uso para moradia, o procedimento é simples.

Em qualquer caso, você deve garantir que está tomando uma decisão confiável de conforme o seu motivo.

1.Busque o modelo ideal

Muitos edifícios, por exemplo, usam modelos dry ou high cube, que são as escolhas arquitetônicas mais populares.

No entanto, por serem mais altos, os containers high cube, são melhores para a construção de casas.

Enquanto isso, os containers refrigerados, eles têm seu próprio motor que mantém a temperatura interna entre -25 e 25 graus célsius.

Não seria apropriado adicionar revestimentos térmicos e acústicos se você escolher este modelo porque o refrigerador vem com o dispositivo completo.

No entanto, a perda de espaço interno, por outro lado, é mais provável.

2.Leve em conta o lado de fora do container

Certos containers são de cor padrão, já outros podem levar o logo da empresa que transportou os produtos.

Não importa se você vai pintá-los, escolha um recipiente com uma cor mais agradável conforme o seu objetivo.

3.Pesquise os usos anteriores dos containers marítimos

É possível que certos modelos de containers tenham sido usados para transportar produtos com odores desagradáveis.

Logo, cuidado você pode acabar escolhendo um container que tenha um odor forte e ruim.

E aí, gostou de saber sobre container marítimo? Você já o conhecia? Conta para a gente aqui embaixo!



Fontes

https://osmarvincifilho.com.br/container-maritimo-conheca-mais-sobre-esse-equipamento-e-entenda-as-suas-funcionalidades/







Inscreva-se em nossa lista para receber novidades:

Compartilhe e deixe seu comentário:

Veja mais

WhatsApp