Itajaí Containers - Casa - Loja - Escritório

47 3345-7500 47 9 9282-7259

Uma certificação necessária: Laudo Radiométrico

Como assegurar que um container está adequado para Habitabilidade? Confira mais detalhes a seguir.

Laudo Radiométrico

Laudo Radiométrico

Conhecer a origem do seu Container Marítimo é muito importante, principalmente quando o mesmo atravessa todo o globo terrestre armazenando uma infinidade de materiais. Para atestar a segurança do seu próximo projeto em Container, realizamos um Laudo Técnico Radiométrico em nossas unidades, documento que assegura a ausência de riscos químicos, biológicos e físicos (especificamente para radiações) com a identificação devida de engenheiro responsável e certificado. Entregando assim, mais garantia para seus futuros planos.


Para realizar este Laudo é utilizado um Medidor Portátil de Área, equipamento de radioproteção que faz a contagem de radiação alfa, beta e gama. Ele funciona com um tubo Geiger-Mueller que gera pulsação de corrente elétrica a cada vez que a radiação passa através do mesmo gerando uma ionização. Cada pulsação é eletronicamente detectada e registrada como uma contagem, aqui representada como μSv/h (microsieverts por hora).


São realizadas 03 verificações por todo o perímetro do container de forma rigorosa para se obter as corretas medições, por final sendo considerada as taxas de maior valor de cada superfície.


Os Limites Primários Anuais de Doses Equivalentes são valores normativos regulados no Brasil pela Comissão Nacional de Energia Nuclear - CNEN, que através da norma CNEN-NN 3.01 estabelece que para indivíduos IP (membros do público), ou seja, pessoas que não trabalham em áreas de risco as doses limites são de 0,50 μSv/h.


É importante frisar que a todo o momento estamos expostos a radiações ionizantes e não-ionizantes, através da eletricidade, sol e raios cósmicos, celulares, microondas, solo, gases da atmosfera, enfim, todo o ambiente em si possui um grau de radiação. Considera-se desprezível taxas de radiação inferiores a 0,35 μSv/h.


Veja mais

WhatsApp