Itajaí Containers

47 9 9282-7259

Estufas em container usado

Nesse artigo nós vamos te contar a respeito das plantações em estufas containers. Você ainda vai sair daqui sabendo os primeiros passos sobre o que fazer para ter uma estufa para plantas em container usado...

Saiba como se inspirar em estufa para plantas em container usado

Saiba como se inspirar em estufa para plantas em container usado

Você sabia que o container usado, também pode ser uma estufa para plantas?


Siga conosco que vamos explicar como isso funciona.


Nesse artigo nós vamos te contar a respeito das plantações em estufas containers.


Você ainda vai sair do artigo sabendo os primeiros passos sobre o que fazer para ter uma estufa para plantas em container usado.


Breves considerações sobre os containers usados


O container primariamente é construído para que possamos levar mercadorias de uma lado do oceano para outro, sem que haja danos e perdas de mercadorias pelo caminho.


Esse container de transporte de mercadorias, só pode fazer a transportação dos produtos por oito anos desde a sua criação.


Depois desse tempo eles acabam sendo colocados em portos para serem reutilizados em diversos fins.


Atualmente, muitas empresas dedicam esforços em transformar esses containers que estão parados, em construções das mais diferentes e inovadoras formas.


Veja bem, as construções que encontramos hoje em dia como uma casa container, uma lanchonete container, um escritório container…


Todos esses projetos são frutos desse container usado que está esperando no porto para ser modificado.


Assim, podemos afirmar, com toda certeza, que um container tem mil e uma utilidades, pois pode-se fabricar muitas coisas com ele. 


Inclusive as estufas para plantas.


Mas o que são estufas?


Vamos conhecer um pouco mais sobre elas no próximo tópico.


O que é estufa para plantas?

Estufas são espaços fechados que tem a função de controlar a temperatura interna de acordo com o que quer produzir ou plantar ali dentro.


A parte externa da estufa é toda estruturada para ajudar na contenção da temperatura e evitar que o clima atmosférico interfira nela.


Quanto ao material da estufa, ele pode ser de diferentes matérias-primas, o que vai definir qual delas deve-se usar, é o que vai ser produzido ou plantado nela.


Você sabe qual é o alimento que é mais produzido em estufas?


Descubra agora no próximo tópico.


O aumento pela procura de alimentos orgânicos é um bom pedido para investir em estufas containers


As categorias de alimentos que mais são produzidos em estufas são os orgânicos.


Eles são alimentos naturais que são cultivados de forma sustentável e sem a utilização de agrotóxicos, adubos, aditivos, hormônios e antibióticos.


Esses elementos descritos acima, são usados no plantio tradicional, e dispensados no plantio orgânico.


Os orgânicos são alimentos que são produzidos respeitando o processo natural de desenvolvimento da planta. 


Ou seja, se respeita as leis naturais de crescimento das plantas sem acrescentar estimulantes artificiais.


Irônico, não?


O modo tradicional de cultivo, o mais comum na atualidade, acarreta muitos efeitos colaterais e prejudiciais para o aquecimento global.


Além disso, se utiliza muitos produtos artificiais para que a plantação cresça mais rápido ou cresça fora a sazonalidade.


Enfim, há muitos desafios e problemas que a agricultura habitual acarreta tanto na saúde do planeta quanto na saúde do ser humano.


Porque ela tenta mudar o crescimento natural das plantações, induzindo-as e forçando elas a se desenvolverem fora do seu tempo.


São esses problemas e desafios que fazem muitas pessoas procurar por alimentos mais saudáveis, ou como chamamos a procurar por alimentos orgânicos.


Nesse artigo temos dois grandes exemplos de empreendimentos que buscam trazer a qualidade da plantação usando métodos brilhantes de cultivo.


Empreendedores como os americanos criadores da CropBox, inventaram um método único e exclusivo de cultivo de ervas, verduras, alfaces, morangos, microgreens e rações utilizando containers usados.


Outros empreendedores como os fundadores da Farmbox utilizam containers usados para a produção de cogumelos, eles têm um conteúdo bem legal sobre isso, e você pode ver aqui.


Vamos conhecer essas duas empresas nos próximos dois tópicos? 


CropBox: Uma maneira inteligente de cultivar

Imagem Fonte: Treehugger (https://www.treehugger.com/farm-box-produces-acres-worth-crops-shipping-container-4857228)


CropBox é uma empresa americana que cultiva várias plantas em containers.


Os criadores da CropBox, começaram o empreendimento das plantações conscientes dentro de containers usados em 2008.


Na atualidade, os criadores vêm inovando aplicando novas tecnologias para controlar o plantio, monitorar o crescimento das plantas, regular as configurações do container tudo isso com o uso de webcams e smartphones.


O processo de monitoramento das plantas dentro do container acontece no modo automático, há sensores que fazem o controle da:


  1. Luz.

  2. Níveis de dióxido de carbono.

  3. Medição da temperatura.

  4. Grau de iluminação.

  5. PH e nível da água.


Caso aconteça algo de diferente dentro do container e os sensores identificarem essa mudança, os níveis podem ser monitorados pelo smartphone ou pelo aparelho que esteja conectado com o sistema do container.


Os criadores da CropBox, descrevem várias vantagens do cultivo em container, algumas delas como: 


  1. A estufa em container precisa de menos de 90% de água, em relação aos cultivos tradicionais.

  2. Eles afirmam que nesse cultivo é usado menos de 80% de fertilizante, em comparação ao cultivo convencional.

  3. É possível fazer a produção de alimentos frescos, o ano inteiro, sem depender da sazonalidade.

  4. Há a oportunidade de utilizar menos espaço de cultivo, quando usados os containers.

  5. Não é necessário o uso de pesticidas, pois há possibilidade de fazer o controle das pestes, em razão, de ser um ambiente fechado e totalmente controlável.


Essas são apenas algumas pontuações das vantagens do desenvolvimento do plantio em containers descrito pela CropBox.


Sendo a CropBox apenas um dos casos dessas modalidades de plantio em estufas containers. Existe também a Farmbox que trabalha com cultivo de shimejis em container usado.


Vamos conhecê-la?


Farmbox: cultivo consciente de cogumelos shimeji em container usado


Imagem Fonte: Farmbox (http://farmbox.net.br/)


A Farmbox é uma fazenda urbana que vêm expandindo os seus horizontes no plantio dentro de containers.


Atualmente eles têm um projeto de implementação de franquias para disseminar a ideia de plantio consciente de cogumelos da espécie shimeji.

 

Ela foi criada por três brasileiros muito amigos que se uniram para concretizar o sonho de cada um deles.


Assim, o pessoal da Farmbox tem um projeto muito bacana de repassar conscientização sobre alimentação saudável, qualidade de vida e sustentabilidade.


Também da disseminação do plantio de shimejis 100% natural sem estimulantes artificiais, com a produção em containers do modelo Reefer.


Segundo eles, as vantagens existentes na produção dos cogumelos dentro do container usado são nas seguintes situações:



SUSTENTABILIDADE - eles optaram pelo uso dos containers para o cultivo do cogumelo, em razão da reutilização do container.


Como vimos acima os containers são usados primariamente como meio de transporte.


Depois de um determinado tempo eles são reutilizados de diversas formas, isso os tornam um objeto muito importante para a sustentabilidade.


Curioso é o fato que os cogumelos para se desenvolver consomem uma matéria vegetal que já está morta, como sementes, bagaços.


Assim, o container e os cogumelos estão aproveitando ou reutilizando uma matéria que já serviu para outra coisa anteriormente. 


Legal, né?



HIGIENE - o container do modelo reefer, que é usado pela Farmbox, têm placas de aço nas laterais, nos tetos, e grades como piso. 


Essas características do container Reefer o torna mais higiênico do que muitos outros estilos de estufas.


Desse jeito, com a facilidade da limpeza é possível evitar contaminações e impregnações de insetos que tente se introduzir nos shimejis.



CONTROLE DE TEMPERATURA - O container Reefer permite o controle da temperatura de forma fácil e despreocupada. 


Ele equilibra a temperatura interna dependendo do clima atmosférico. Dessa forma, a mudança de tempo não vai prejudicar o cultivo dos cogumelos.



CONTROLE DE AR RICO - Com os containers é possível controlar o envio de ar rico em oxigênio, para melhorar a qualidade do cultivo dos shimejis.

 Tirando a maior parte do gás carbônico para fora do container.


Essas são apenas algumas das pontuações feitas pelo pessoal da Farmbox. Você pode saber mais detalhes sobre o cultivo dos shimejis nesse vídeo aqui.


Se você adora cozinhar vale à pena dar uma olhadinha nesses pratos deliciosos que têm como ingrediente principal o shimeji.


Bem, assim como a Cropbox produz várias modalidades de plantas e a Farmbox produz shimejis, há outras possibilidades de cultivo em containers.


Basta apenas conhecer sobre plantações e adaptar o container conforme o que a planta exigir ou gostar.


Em resumo, o benefício dessa forma de cultivo é que não há prejuízo ao meio ambiente, pois os containers são adaptáveis e não é necessário a utilização de elementos nocivos à saúde como pesticidas.


Ainda pode-se produzir o ano todo, produtos que proporcionam qualidade.


Primeiros passos para adquirir container usado para fazer uma estufa para planta

Selecionamos 4 passos bem simples que você pode seguir hoje mesmo para conquistar a tua estufa de plantas em container usado.


Vem nos acompanhe nesse passo a passo descomplicado.

  1. PRIMEIRO PASSO → Conheça profundamente sobre a planta que você quer cultivar.


Parece  um tópico bem óbvio, e realmente é. Mas não adianta comprar a ideia da estufa em container e não saber muito bem sobre a planta ou fazer de qualquer jeito.


Se você é novo na área do plantio seria interessante você se sentar e responder às perguntas abaixo: 


  1. Qual é a espécie de planta que você mais conhece ou gostaria de conhecer?

  2. Quais são as qualidades dela? 

  3. O que esta planta exige?

  4. Quais são os cuidados especiais que essa planta precisa?

  5. Você quer plantar para si mesmo? Ou para vender?


Com estas simples perguntas respondidas você consegue filtrar bem o teu conhecimento da planta e começar a pesquisar mais sobre o que poderia ser adaptado na sua estufa para abrigar ela.


Assim você consegue ir organizando as ideias, por exemplo, se ela precisa de frio ou de calor, se ela precisa de luz ou escuridão, aqui você já começa a pensar em como pode ser a estrutura da tua estufa container.


Engana-se quem pensa que somente especialistas podem aproveitar os benefícios as estufas containers.


Qualquer pessoa que deseje, pode colocar uma estufa em container usado no próprio quintal, cultivar plantinhas orgânicas e melhorar a qualidade da própria alimentação.

  1. SEGUNDO PASSO → Tamanho e modelo do container


Nesse ponto você já sabe qual planta quer cultivar, quais são os maiores detalhes sobre ela. 


Agora você vai decidir sobre qual vai ser o tamanho e o modelo ideal da estufa container para a planta que você escolheu.


Por exemplo, você optou por plantar alfaces orgânicas para venda, qual é o tamanho do container que serviria bem para as tuas pretensões? 


Seria melhor um container refrigerado ou seco?


Existem dois modelos de containers que você pode usar para a tua estufa de plantas: o DRY (seco) e o Reefer (refrigerado).


Você pode ver as medidas e detalhamentos do DRY aqui, e do Reefer aqui.


A recomendação geral é que se sua plantinha precisa de um ambiente refrigerado você opte pelo container Reefer.


Mas se ela precisa de um ambiente mais seco você pode optar pelo DRY.

  1. TERCEIRO PASSO → Escolha o local onde você quer instalar a sua estufa container.


Nesse tópico, você já sabe qual planta quer cultivar, quais são os maiores detalhes sobre ela, você também já decidiu qual é o melhor modelo de container para montar a tua estufa.


Agora você vai escolher o local ideal para fixar ela, você vai precisar fazer uma análise do local ou do terreno que ficaria acessível o teu container.


Após escolher o local, você precisa verificar se ele está aplainado, se precisa construir sapatas, se será necessário fazer uma impermeabilização.


Você pode ver mais detalhes sobre estes pontos do preparo do terreno aqui.


Se você tem dúvidas quanto à legislação que regulamenta a construção com containers vale à pena dar uma olhadinha nesse artigo aqui.

  1. QUARTO PASSO → escolha uma empresa confiável e peça para que ela faça as modificações necessárias no container que sejam adaptáveis à planta que você escolheu.


Depois que você já decidiu tudo, já planejou tudo, este é momento de escolher uma empresa confiável para fazer as modificações no teu container usado para transformá-lo em uma estufa de plantas.


Você pode conhecer melhor o nosso trabalho e fazer um orçamento sem compromisso clicando aqui.


Em resumo, nesse artigo conseguimos ver que container usado pode se transformar em estufas de plantas incríveis.


Descobrimos duas referências muito bacanas que trabalham com o cultivo em containers: a CropBox e a Farmbox.


Ainda conseguimos estipular os seus primeiros passos para conseguir colocar as mãos na massa e conquistar a tua estufa para plantas em container usado.


Você gostou deste artigo? 


Curta e compartilhe com os seus amigos para eles também ter a oportunidade de construir suas estufas de planta em container usado.






Compartilhe e deixe seu comentário:

Veja mais

WhatsApp