Itajaí Containers

47 3345-7500 47 3345-7502 47 9 9231-7022

Energia Solar em Casa Container

Sistema de geração de energia que tornará seu projeto muito mais sustentável e que irá gerar grande economia em sua conta de energia elétrica.

Energia Solar em Casa Container


Você já tem sua casa ou comércio em containers ou está pensando em construir?

Que tal instalar um sistema de geração de energia solar?

Com esse projeto você irá gerar energia para suprir a demanda de sua residência ou comércio.

Nos acompanhe neste post e conheça mais sobre o assunto.


Energia solar em casas containers


A energia solar em casas containers só trará benefícios para os seus proprietários, que terão grande economia na sua conta de luz e na valorização da sua residência ou comércio.

Imóveis com projeto de geração de energia solar tem maior valor imobiliário.

E se você fizer seu projeto de energia solar num imóvel novo, onde ainda será feita a instalação elétrica, seu projeto será muito mais seguro e econômico.

Então se você está comprando sua casa container, já adicione o projeto para geração de energia solar.

A instalação é fácil e rápida.

Veja, a seguir, o que é energia solar, como funcionam os painéis fotovoltaicos e se realmente são sustentáveis e econômicos.


Energia solar

Energia solar, como o próprio nome diz, é a energia fornecida pelo sol em forma de luz e calor.

Essa energia é captada e transformada em energia elétrica através de placas fotovoltaicas, já podendo ser utilizada diretamente na residência para o funcionamento dos eletrodomésticos, luzes, enfim o que demandar de uso de energia elétrica.

É uma fonte de energia limpa, renovável e sustentável.



Energia solar: como funciona?

Os painéis fotovoltaicos são instalados, geralmente, nos telhados das construções ou, quando houver espaço, no terreno mesmo. 

É feita uma avaliação para o posicionamento dos painéis para que haja um aproveitamento máximo da energia emitida pelo sol.

O Brasil se encontra no Hemisfério Sul, então as placas geralmente serão posicionadas para o norte, onde há maior incidência da luz solar.

Pois, quanto mais luz incidir nos painéis maior será a geração de energia.

Os painéis fotovoltaicos são feitos de um material semicondutor, geralmente esse material é o silício, que quando é exposto à luz absorve os fótons (que são as partículas de energia), que em colisão com os átomos do silício das placas, provocam o deslocamento de elétrons gerando a corrente elétrica. 

Essa corrente sai dos painéis em forma de corrente contínua e é encaminhada para os inversores onde é transformada em em corrente alternada, que é o tipo de corrente utilizado nas redes elétricas.

A partir daí a energia já é enviada para os circuitos internos da residência. 

A energia gerada pelas placas voltaicas será implementada nos circuitos já existentes na residência.

Dessa forma os circuitos poderão ser abastecidos tanto com a energia dos painéis quanto com a energia da companhia elétrica, uma vez que a produção de energia pelas placas fotovoltaicas dependem da incidência de luz solar.

Nos dias de muito sol e poucas nuvens a geração de energia será alta e se não for totalmente consumida, será encaminhada para a companhia de energia que converterá em créditos para serem utilizados em forma de energia novamente quando houver a necessidade.

Mesmo no inverno há captação de energia, dependo do tempo, vai ser menor do que no verão.


Outra opção é instalar baterias que armazenarão o excedente produzido.

Essas baterias ainda tem um custo considerado elevado, mas que vale a pena ser avaliado.

Nos dias nublados e ao amanhecer a produção é reduzida e a noite a produção  é interrompida.


Energia solar: é sustentável?

Sim, a energia solar é sustentável.

A energia solar gerada através de placas fotovoltaicas é uma energia limpa, que não libera resíduos ou gases durante o processo de produção, portanto não causa impactos ambientais.

A matéria-prima utilizada é de fonte inesgotável (sol).


Energia solar: é econômica? 

Sim, dependendo da quantidade de painéis  utilizados sua conta só não deixará de existir porque as companhias cobram uma tarifa mínima.

A redução já é vista no primeiro mês.

Se torna ainda mais econômica pela utilização do excedente gerado em um segundo imóvel, desde que as contas de energia estejam no mesmo CPF ou CNPJ. 

E, hoje, já estão bem mais em conta os valores para a instalação dos painéis fotovoltaicos.

Boa parte dos bancos já estão financiando com juros que podem caber no seu bolso.

Fiz uma consulta com uma cooperativa de crédito, na qual tenho conta, e os valores que me foram apresentados cobrem minha atual conta de energia. 

De acordo com com o projeto que me foi apresentado, durante o pagamento do financiamento “minha conta” se mantém igual e após o término do financiamento, só pagarei a tarifa mínima da Celesc.

Há uma fórmula para simular o tempo necessário até que o investimento comece a ser lucrativo

Essa fórmula leva em conta o investimento, a energia gerada pelos painéis e o valor da tarifa de energia.

Mas é um investimento, que dependendo do seu projeto e do seu consumo mensal de energia, retornará em uns 6 anos (tempo estimado pela ANEEL).

A vida útil das placas é de 25 anos, então esse é um investimento a longo prazo, mas que trará lucro por mais de 18 anos.

É um investimento bem melhor do que a poupança.

Mas há cada vez mais avanços tecnológicos, então a tendência é que esse tempo diminua e que baixe o custo dos materiais.

O custo com manutenção será somente a lavagem das placas a cada 6 meses aproximadamente. 

A cada dia que passa, com incorporação de novas tecnologias e com procura maior, a tendência é de baixar os custos para a aquisição dos painéis fotovoltaicos.

O consumo de energia provavelmente será o mesmo de uma casa tradicional, mas como a energia é solar a economia será grande.

Cada vez mais aumentarão os projetos de imóveis residenciais e comerciais com a produção de energia solar.


É uma energia renovável que não lança gases tóxicos na atmosfera e não necessita de grandes espaços.

Afinal é uma uma energia limpa e disponível.

Enquanto houver sol, é claro.


Você gostou deste post?

Compartilhe em suas redes sociais.



Inscreva-se em nossa lista para receber novidades:

Compartilhe e deixe seu comentário:

Veja mais

WhatsApp