Itajaí Containers

47 3345-7500 47 3345-7502 47 9 9231-7022

6 tipos de containers mais utilizados na logística internacional

Compartilhamos com você os 6 tipos de containers mais utilizados na logística internacional. Neste conteúdo, você confere os tópicos:

6 tipos de containers mais utilizados na logística internacional

6 tipos de containers mais utilizados na logística internacional

No mundo do comércio exterior a logística não seria a mesma se não existissem os diferentes tipos de containers que se utilizam no transporte marítimo para transportar as diferentes mercadorias de que necessitam, cada um com suas especificidades particulares para poder chegar ao seu destino final. sem qualquer dano ou alteração.

Os containers usados no transporte marítimo foram testados pela primeira vez em 1956, quando Malcom McLean, um transportador da Carolina do Norte, implementou essa grande invenção e ela começou a ser usada por pequenas indústrias que comercializavam produtos localmente.

 Ao longo dos anos foram adaptados e modificados para poderem aproveitar melhor a sua utilização e desta forma ir de encontro às necessidades de cada importador ou exportador e é que cerca de 75% da carga mundial é transportada em contentores marítimos.

Por isso, compartilhamos com você os 6 tipos de containers mais utilizados na logística internacional. Neste conteúdo, você confere os tópicos:

  • A importância dos containers
  • Quais são as principais características do transporte de containers? 
  • Como funciona o transporte de containers? 
  • Tipos de containers padrão e suas capacidades

Continue conosco para conferir tudo isso em detalhes!

A importância dos containers

O container armazena todos os produtos transportados para um certo local.

E, frequentemente, nenhuma inspeção acontece e ela pode ser enviada diretamente para o último destino.

Além disso, boa parte dos containers que precisam ser transportados por caminhões ou navios de carga têm informações comerciais circulando no exterior.

A construção desses containers é composta por elementos metálicos excepcionalmente poderosos e duráveis. Com esta garantia excepcional e excelente, as empresas podem economizar dinheiro em energia e tempo.

Isso torna mais fácil para os clientes e funcionários da alfândega reconhecer rapidamente o item. No entanto, alguns estados exigem que os funcionários da alfândega gerenciem a carga em vários processos.

Dependendo das condições, é capaz de haver atrasos no transporte ou nas rotas. Independentemente dos desafios, as medidas de segurança são cruciais para proteger contra o contrabando de produtos.

Isso se deve ao desenho da taxa de cobrança. Em outras palavras, cada item é embalado em recipientes totalmente lacrados.

Portanto, impende que objetos estranhos entrem na região, principalmente, se a carga for alimento ou matéria-prima.

Quais são as principais características do transporte de containers? 

Algumas variáveis foram essenciais para que ela fosse aperfeiçoada nos últimos anos, como por exemplo:

  • Grande necessidade do mercado;
  • Avanço das ações ecológicas;
  • Crescimento na capacidade de transporte e eficácia.

Poderia ser transferido de um meio de transporte para outro, seja um navio, caminhão e trem, sem a precisar descarregar e carregar as cargas.

Aqueles feitos de aço são muito melhores para longas distâncias, especialmente ao lidar com produtos pesados. Eles são fortemente recomendados para lotes de valor moderado e alto para que não exista problemas potenciais como roubo.

Esses produtos devem ser transportados por transporte intermodal. E, pedidos de alto valor requerem escolhas diretas adicionais, como frete aéreo.

No entanto, as cargas de baixo custo normalmente podem ser entregues por via marítima ou ferroviária.

Aliás, esses pontos são somente algumas indicações para que o seu próprio transporte de containers seja concluído com êxito e sem a ocorrência de situações indesejáveis.

Como funciona o transporte de containers? 


Independente se você está comprando eletrônicos na China ou roupas na Inglaterra.

Assim, possuir um meio barato de transporte de produtos é crucial. Por isso, é fundamental deixar saber como funciona o transporte de containers. As mercadorias transportadas em containers são lacradas e armazenadas na própria fábrica e assim permanecem até chegar ao depósito do consumidor.

Os transitários têm um papel essencial nesta tarefa de transporte, eles organizam todo o transporte. No que diz respeito ao combustível, este procedimento é muito mais complexo tecnologicamente e muito mais eficiente.

No entanto, o custo final é sempre um aspecto crítico na hora de escolher um suporte para transporte de containers. Devemos selecionar um serviço que seja famoso e confiável para transportar seus produtos com total segurança e cuidado.

Tipos de containers padrão e suas capacidades

Os containers padrão, também conhecidos como DRY, são a unidade de transporte mais utilizada no comércio mundial, uma vez que 90% das mercadorias enviadas por transporte marítimo são carregadas em containers de 20 e 40 pés.

Esses dois tipos de containers se adaptam às necessidades de qualquer carga geral que precise ser transportada.

1.Container de 20 pés

O container de 20 pés tem capacidade para 33,1 metros cúbicos e 28 toneladas de peso máximo com medidas de 6,10 metros de comprimento, 2,44 metros de largura e 2,59 metros de altura do lado de fora do container e 5,89 metros de comprimento, 2,35 metros de largura e 2,39 metros alto no interior do container.

2.Container de 40 pés

O container de 40 pés tem capacidade para 67,7 metros cúbicos e capacidade máxima de 29 a 32 toneladas de peso (dependendo se as companhias marítimas, ou transportadoras permitirem) com medidas externas de 2,19 metros de comprimento, 2,44 metros de largura e 2,59 metros de altura e o interior mede 12 metros de comprimento, 2,35 metros de largura e 2,39 metros de altura.

3.Container High Cube

Existe também o conhecido container 40 High Cube (HC), que é muito semelhante ao container de 40 pés com a diferença de ter 2,90 metros de altura (31 cm a mais que o container padrão) e apesar de não se parecer com tal diferença significativa, essa pequena vantagem o torna um dos mais utilizados no comércio exterior.

4.Container Teto Aberto (Open Top)

O Container Teto Aberto (Open Top), como o próprio nome sugere, não possui a parte superior. A cobertura pode ser revestida com lona, embora apoiada por barras de metal.

Mas, com base na elevação da carga, fica impossível conseguir esse tipo de aparato, deixando a cobertura totalmente livre.

Este tipo de container pode ser utilizado para o transporte de mercadorias que não podem ser totalmente fechadas dentro de containers, ou que são muito altas, exigindo a abertura da cobertura.

Os principais produtos transportados nesse tipo de container, por exemplo, cimento e trigo.

Junto com isso, é transportada qualquer mercadoria com elevação excessiva, que não cabe em um container tradicional (DRY).

5.Container Flat Rack

O container Flat Rack é uma variação do container Open TOP, que além de não ter tampo, também carece de paredes laterais. Estas podem ser montadas ou desmontadas se necessário, bem como, em alguns casos, as paredes frontal e traseira.

Este tipo de container geralmente possui piso de madeira macia e é utilizado para o transporte de cargas muito pesadas e / ou superdimensionadas.

As paredes das extremidades fornecem estabilidade suficiente para que possam ser empilhadas umas sobre as outras e os anéis de amarração no solo, as barras laterais e as colunas de canto mantêm a carga segura e protegida.

6.Container refrigerados ou reefer

Os containers refrigerados são usados para buscar evitar gastar menos e impendir problemas nas suas cargas e, o mais importante, é ideal para o transporte de cargas que precisam de controle de temperatura, a conservação ou o congelamento de produtos.

Ainda mais são uma solução portátil para armazenamento de curto e longo prazo, com a capacidade de transportar mercadorias por longas distâncias.

A construção do refrigerador é feita principalmente de liga de aço inoxidável e duralumínio.

Desta forma, são resistentes a abrasivos e corrosivos, adquirindo a capacidade de resistir às condições meteorológicas extremas, desde o sol até às tempestades dantescas de salinidade muito elevada.

Geralmente, o refrigerador inclui um sistema de aquecimento situado na frente (na frente da porta), que normalmente utiliza sistema como R-134A junto com R-404A. Esta unidade é composta basicamente por compressor, condensador, dutos de ar, controle externo e ferramenta de crescimento e visualização (como um freezer, mas em escala maior).

Mesmo que não seja tão comum, o uso de condicionadores de ar clássicos pode ser observado às vezes.

Esses elementos são feitos para fornecer resfriamento da atmosfera do solo ao solo através do ferro forjado em "T". O sistema de aquecimento permite que um fluxo de ar uniforme e consistente seja igualmente disperso pela área interna deste container.

Junto com um poderoso material isolante térmico, o equilíbrio da temperatura ambiente interna não está sujeito a influências externas. Além disso, o ambiente corretamente vedado torna-se um fator significativo contra pragas, impedindo o acesso a alguns contaminantes através do armazenamento.

Vale ressaltar que um container refrigerado não se destina a diminuir ou elevar a temperatura de sua carga, mas sim mantê-la na condição pré-definida, enquanto está suspensa, fria ou quente.

O resultado mais importante dos containers refrigerados seria o vazamento do ar interno, pois, mesmo tendo uma carga máxima, não deve ser obstruído.

Por isso, é fundamental respeitar os componentes que demarcam essas restrições, para que o ar se mova pelo chão e suba antes de chegar ao evaporador, induzindo a uma troca harmoniosa de aquecimento.

Você já conhecia todas as informações apresentadas neste artigo? Este artigo sobre “6 tipos de containers mais utilizados na logística internacional” foi útil para você? Seu feedback é muito importante para nós. Deixe seu comentário, curta e compartilhe.

Inscreva-se em nossa lista para receber novidades:

Compartilhe e deixe seu comentário:

Veja mais

WhatsApp